Como construir Autoridade Corporativa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Construir solidez não é apenas se manter no mercado. É preciso prezar pela relação entre sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e demais partes interessadas.

EM BUSCA DA AUTORIDADE CORPORATIVA

É essencial para toda organização empresária ser guiada por valores e princípios sólidos, que refletirão a imagem de sua atividade. A autoridade corporativa, através da governança, auxilia a construir melhor esse panorama, pautada sempre pelo compromisso e responsabilidade.

Para que as relações empresariais funcionem de maneira satisfatória – tanto no âmbito funcional, quanto no administrativo – é preciso que sejam estipuladas certas regras e preceitos que garantam o bom andamento do negócio. Sendo assim, a governança corporativa é fundamentada em quatro pilares.

1 – Equidade: a igualdade no tratamento e nas oportunidades para cada integrante, dentro de uma empresa, garante a isonomia, conferindo maior justiça às relações internas e externas de um negócio.

2 – Transparência: a gestão de uma empresa deve ser baseada na transparência, proporcionando o acesso às informações relevantes, desde os órgãos governamentais até o cliente final. Essa atitude passa maior segurança e confiança – tanto para a sociedade em geral, como para os potenciais investidores.

3 – Prestação de contas: todos os componentes de uma companhia, bem como os diretamente interessados, fazem jus a ter acesso às prestações de contas da empresa, sua administração, às transações financeiras feitas, bem como a dinâmica do cotidiano do negócio, além da possibilidade de questionar o que acredita não estar adequado.

4 – Responsabilidade corporativa: as prioridades de uma empresa e de seus gestores devem ser sempre a ascensão econômica, a qualidade dos produtos e serviços prestados, a satisfação do cliente, bem como o crescimento de seus integrantes.

Portanto, adotar uma postura de compromisso e dedicação para com a empresa e suas atividades exercidas é a essência da responsabilidade corporativa. Tais princípios foram constituídos através de debates e estudos, com base na realidade das empresas brasileiras da atualidade, segundo o IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa.

Saber o papel e as atribuições de cada um em uma sociedade empresarial garantirá a saúde do negócio e de suas negociações comerciais. Para saber mais, é possível ler o poste da Importância da Assessoria Jurídica em Empresas. (Fonte: Grupo Studio)

Para saber mais a respeito, informe-se! A Lima Rodelli Advocacia está preparada para sanar eventuais dúvidas.

Luiz Felipe de Lima Rodelli

Luiz Felipe de Lima Rodelli

Advogado Especialista em Direito Administrativo

Deixe seu comentário

Inscreva-se para receber mais conteúdo

Enviar mensagem
Olá! Se preferir, inicie o atendimento via WhatsApp