DIREITO CORPORATIVO | 16.07.20

COVID-19: Curitiba estuda reabertura do comércio

Após conversa com a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba – ASSOMEC, o Município de Curitiba divulgou, através de sua imprensa,  a possibilidade da reabertura gradual do comércio na capital

covid-19 NA CAPITAL

Após conversa com a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba – ASSOMEC, o Município de Curitiba divulgou, através de sua imprensa,  a possibilidade da reabertura gradual do comércio na capital.

Por enquanto, permanece vigendo o Decreto nº. 810/2020, o qual estabelece a Bandeira Laranja (Nível 2 – risco médio de alerta) como medida protetiva para enfrentamento da Emergência em Saúde Pública decorrente do Coronavírus.

No entanto, em que pese a notícia, não se sabe ao certo quais atividades receberão a flexibilização do esperado decreto, em virtude da curva ascendente de contaminação que ora alarma a Capital.

Nos dados recentes divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, por intermédio de sua autoridade Sra. Márcia Huçulak, Curitiba tem taxa de ocupação de leito SUS próximo a 85% (oitenta e cinco por cento) e, por tal motivo, a expectativa para abertura do comércio não revela um quadro otimista.

Para as regiões de divisas metropolitanas, no entanto, já houve manifestações favoráveis, como é o caso do Município de Pinhais, cujas atividades comerciais não mais se fazem suspensas. Porém, há restrições de horário. 

Dimensões personalizadas 1024x683 px - Dimensões personalizadas (4)

Por enquanto, permanece vigendo o Decreto nº. 810/2020, o qual estabelece a Bandeira Laranja (Nível 2 – risco médio de alerta) como medida protetiva para enfrentamento da Emergência em Saúde Pública decorrente do Coronavírus.

Enviar mensagem
Olá! Se preferir, inicie o atendimento via WhatsApp