COVID-19: Curitiba estuda reabertura do comércio

Por enquanto, permanece vigendo o Decreto nº. 810/2020, o qual estabelece a Bandeira Laranja (Nível 2 – risco médio de alerta) como medida protetiva para enfrentamento da Emergência em Saúde Pública decorrente do Coronavírus.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

Após conversa com a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba – ASSOMEC, o Município de Curitiba divulgou, através de sua imprensa, a possibilidade da reabertura gradual do comércio na capital.

Por enquanto, permanece vigendo o Decreto nº. 810/2020, o qual estabelece a Bandeira Laranja (Nível 2 – risco médio de alerta) como medida protetiva para enfrentamento da Emergência em Saúde Pública decorrente do Coronavírus.

No entanto, em que pese a notícia, não se sabe ao certo quais atividades receberão a flexibilização do esperado decreto, em virtude da curva ascendente de contaminação que ora alarma a Capital.

Nos dados recentes divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, por intermédio de sua autoridade Sra. Márcia Huçulak, Curitiba tem taxa de ocupação de leito SUS próximo a 85% (oitenta e cinco por cento) e, por tal motivo, a expectativa para abertura do comércio não revela um quadro otimista.

Para as regiões de divisas metropolitanas, no entanto, já houve manifestações favoráveis, como é o caso do Município de Pinhais, cujas atividades comerciais não mais se fazem suspensas. Porém, há restrições de horário.

Continue lendo

Mais Notícias

Inscreva-se para receber novos conteúdos

Enviar mensagem
Olá! Se preferir, inicie o atendimento via WhatsApp