Curitiba retorna à Bandeira Laranja por conta de acréscimos em casos de Coronavírus

Apesar do anúncio ter sido feito na última sexta-feira, o final de semana seguiu dentro regime da antiga bandeira, a Bandeira Amarela. Com isso, bares, mercados, parques e praças não tiveram restrição de funcionamento.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

Conforme anúncio feito na última sexta-feira (4), pela Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, a Bandeira Laranja entra em vigor na cidade nesta segunda-feira (7). Na prática, alguns serviços e locais público passam a ter restrições de dias e horários de funcionamento por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O anúncio da Bandeira Laranja, veio logo depois que o município registrou um aumento na taxa de transmissão do novo coronavírus (Covid-19).  No dia 1º de setembro, Curitiba voltou a ter a taxa de replicação da Covid-19 acima de 1. “Nossa taxa de replicação passou para 1,14. Esse é o resultado do comportamento das pessoas, sendo que as consequências são para o coletivo. Porque no caso do vírus decisões individuais impactam em todos”, informou a Secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

Apesar do anúncio ter sido feito na última sexta-feira, o final de semana seguiu dentro regime da antiga bandeira, a Bandeira Amarela. Com isso, bares, mercados, parques e praças não tiveram restrição de funcionamento.

CONFIRA AS RESTRIÇÕES DA NOVA BANDEIRA LARANJA EM CURITIBA QUE COMEÇAM A VALER NESTA SEGUNDA-FEIRA (7)

ACADEMIAS, SALÕES E BARBEARIAS
  • Prestação de serviços não essenciais (como salões de beleza, barbearias, academias de ginástica e banho, tosa e estética de animais) não têm restrição de horário, mas não podem abrir aos domingos.
BARES
  • Permanecem suspensos. Não poderão funcionar assim como atividades de entretenimento com ou sem música (casas de show, festas, teatros, circo e atividades correlatas), eventuais ou periódicas, bem como estabelecimentos destinados eventos sociais e atividades correlatas, além dos voltados a feiras técnicas ou de varejo, mostras comerciais, congressos, convenções e outros.
COMÉRCIO E SHOPPINGS
  • Atividades comerciais de rua não essenciais, galerias e centros comerciais podem abrir de segunda a sábado, das 10h às 20 horas. Aos domingos, apenas delivery.
  • Shopping centers podem abrir de segunda a sábado, das 12h às 22 horas. Aos domingos, apenas delivery.
LANCHONETES, RESTAURANTES E PANIFICADORES
  • Restaurantes e lanchonetes podem abrir de segunda a sábado, até 23 horas. Após esse horário e aos domingos, apenas delivery e drive-thru.
  • Mercados, supermercados e hipermercados: de segunda-feira a sábado, sem restrição de horário. Aos domingos, não podem funcionar em nenhuma modalidade de atendimento.
  • Panificadoras podem abrir de segunda a sábado, até 23 horas, e domingos, das 6h às 18h, mas é proibido o consumo no local.
FEIRAS, COMÉRCIO VAREJISTA DE HORTIFRUTI, LOJAS DE CONSTRUÇÃO E CONCESSIONÁRIAS
  • Feiras livres e de artesanato podem funcionar de segunda a sábado.
  • Comércio de produtos e alimentos para animais: de segunda-feira a sábado, sem restrição de horário, sendo no domingo permitido atendimento de delivery e drive-thru;
  • Comércio varejista de hortifrutis, quitandas, mercearias, distribuidoras de bebidas, peixarias e açougues: de segunda-feira a sábado, sem restrição de horário, com proibição de funcionamento aos domingos;
  • Lojas de material de construção (serviço essencial): funcionamento de segunda-feira a sábado, sem restrição de horário. Aos domingos, podem funcionar nas modalidades delivery e drive-thru;
  • Concessionárias de veículos em geral: de segunda-feira a sábado, sem restrição de horário, com proibição de funcionamento aos domingos;
  • O funcionamento dos parques e praças fica condicionado ao cumprimento de protocolo específico, conforme determinado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Nos parques abertos, fica permitida exclusivamente a prática de atividades físicas individuais, com uso de máscaras e distanciamento mínimo da pessoa da frente de 4 (quatro) metros para caminhada, de 10 (dez) metros para corrida e de 20 (vinte) metros para bicicleta. Os parques que estão abertos são: Tingui, Barigui, Barreirinha, Tropeiros, Guairacá, Mairi, Cambuí, Mané Guarrincha, Yberê, Lago Azul, Atuba, Passaúna, Tanguá, Bacacheri, São Lourenço e Náutico.
HOTÉIS, RESORTS, POUSADAS, HOSTELS, CALLCENTER E TELEMARKETING
  • Devem operar com no máximo de 50% de sua capacidade.
  • Callcenter e telemarketing devem funcionar a partir das 9h (exceto os vinculados a serviços de saúde ou home-office, que podem funcionar com capacidade normal);

CURITIBA TEM 1.068 MORTOS PELA DOENÇA

A prefeitura de Curitiba confirmou mais 454 casos e seis mortes por covid-19 neste domingo (6), de acordo com o boletim da SMS (Secretaria Municipal da Saúde). Com isso, a capital paranaense chega a 35.786 contaminados e 1.068 óbitos.

Segundo o informe, 29.827 pessoas dos mais de 35 mil infectados já são consideradas recuperadas e 636 casos ainda estão em investigação.

A taxa de ocupação dos 349 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) disponíveis é de 83%. Conforme a Secretaria, todos os pacientes com quadro de síndrome respiratória aguda grave são internados nesses leitos.

Fonte: Paraná Portal

Link para acesso: https://paranaportal.uol.com.br/cidades/covid-19-bandeira-laranja-comeca-hoje-em-curitiba-veja-o-que-muda/

Continue lendo

Mais Notícias

Inscreva-se para receber novos conteúdos

Enviar mensagem
Olá! Se preferir, inicie o atendimento via WhatsApp